IMG_4624

SIMP PROMOVE CUIDADOS COM A PELE, AUTOMAQUIAGEM E DESIGN DE SOBRANCELHAS GRATUITAMENTE COM CONSULTORAS MARY KAY

O Sindicato dos Municipários, através da parceria com consultoras da marca de cosméticos e produtos de beleza Mary Kay, realizou com as sócias da entidade um dia de cuidados com a pele, automaquiagem e dicas com designer de sobrancelhas, nesta quinta-feira à tarde, onde receberam instruções e orientações, além de utilização dos produtos da marca gratuitamente.

Será oportunizado um novo dia para as sócias da entidade, que ocorrerá na próxima quarta-feira (29), à tarde, a partir das 14h30, sendo que na última data (ainda a confirmar) haverá sorteio com todas as participantes, concorrendo a 1 batom e 1 lápis de olho da Mary Kay.

17426166_1919350844964150_7719970139927730141_n

ATENÇÃO, SÓCIAS DO SIMP: CUIDADOS COM A PELE, AUTOMAQUIAGEM E DESIGN DE SOBRANCELHAS GRATUITAMENTE COM CONSULTORAS MARY KAY (23/03, QUINTA)

O Sindicato dos Municipários, através da parceria com consultoras da marca de cosméticos e produtos de beleza Mary Kay, convida todas as sócias da entidade para um dia de cuidados com a pele, automaquiagem e dicas com designer de sobrancelhas, onde receberão instruções e orientações, além de utilização dos produtos da marca gratuitamente.

Tal dia será na tarde da próxima quinta-feira (23/03), com a 1ª turma de até 10 sócias iniciando às 14h30 e a 2ª turma também com 10 sócias às 16h.

Posteriormente haverá outros dias com a mesma iniciativa, sendo que na última data será realizado sorteio com todas as participantes a 1 batom e 1 lápis de olho da Mary Kay.

NOTA A SER PUBLICADA NESTA SEXTA (17) NO JORNAL DIÁRIO DA MANHÃ

CORTE DO PONTO: PREFEITURA SE POSICIONA A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA E CONTRA A POPULAÇÃO

O corte do ponto e o desconto dos salários dos municipários determinado pela prefeita Paula Mascarenhas nestes dias 15 (para todos, incluindo a educação), 16 e 17 (somente para educação) de março, quando são realizadas manifestações em todo o país contra a nefasta reforma da Previdência, demonstra que a Prefeitura é favorável a esta reforma.

Sendo favorável à reforma da Previdência, o Governo Paula Mascarenhas se iguala ao golpista e ilegítimo Governo Temer, que sem ter sido eleito diretamente pelo povo brasileiro age contra este povo, articulando e atuando para retirar e suprimir direitos duramente conquistados pela população.

Com a reforma, a população brasileira terá de trabalhar no mínimo até os 65 anos de idade e contribuir por 49 anos para ter sua aposentadoria integral. Isto significa que o início das contribuições terá de começar aos 16 anos de idade, sem jamais ficar desempregado. Ao cortar o ponto e punir os manifestantes, o Governo Paula se posiciona favoravelmente a este verdadeiro absurdo.

Através desta reforma, não será mais possível o recebimento de aposentadoria e pensão por morte cumulativamente. Com as novas regras instituídas pelo Governo Golpista de Temer, uma viúva, por exemplo, terá de optar em receber a pensão por morte ou sua aposentadoria, e caso opte pela pensão esta será reduzida à metade do valor, diminuindo significativamente seus ganhos. Pois ao cortar o ponto dos municipários que se manifestam, o Governo Paula novamente se posiciona favoravelmente a este verdadeiro absurdo.

A reforma também acaba com as aposentadorias especiais, atingindo especificamente professores e trabalhadores da Saúde. Isto significa que terão de trabalhar até os 70 ou 80 anos de idade para poderem se aposentar. Mais uma vez, ao cortar o ponto dos manifestantes, Paula Mascarenhas se posiciona a favor deste terrível malefício, esquecendo-se que também é professora e servidora pública.

As reformas da Previdência e Trabalhista visam mais uma vez retirar direitos, prejudicando a população para beneficiar os grandes empresários, em especial do setor financeiro. Para isso, diversas mentiras são veiculadas pela grande mídia que visam mascarar a realidade sobre as finanças da Previdência.

Diante desse contexto, temos de resistir, pois a reforma atinge a todos, trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos (sejam estatutários ou celetistas), onde através da Constituição Federal e Leis ainda têm esse direito, mas que perderão com as mudanças propostas por Temer e defendidas pela Prefeita Paula Mascarenhas.

O Governo de Paula ao concordar e apoiar a reforma, evidencia o desejo de penalizar a população de Pelotas. Os municipários que se manifestam em defesa não só de seus colegas, mas também de todos os pelotenses estão sendo penalizados pela Prefeita quando determina expressamente o corte do ponto e o desconto salarial dos dias de luta.

Por isso, solicitamos que toda a população de nossa cidade se some na luta com os municipários e pressione a Prefeita Paula para que reveja esta sua determinação arbitrária.

O Simp vai questionar a legalidade do corte do ponto dos servidores.

TODOS CONTRA A RETIRADA DE NOSSOS DIREITOS !!!

Sindicato dos Municipários de Pelotas – SIMP

IMG_4226

SIMP: DIA DE PARALISAÇÃO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA MOBILIZA MUNICIPÁRIOS E POPULAÇÃO

Durante a última quinta-feira (15/03), os municipários paralisaram suas atividades e marcaram através de ações de lutas em Pelotas, assim como em todo o país, o Dia Nacional de Paralisação contra a Reforma da Previdência.

Através de tendas montadas no calçadão (chafariz da Sete de Setembro com Andrade Neves), já pela manhã, diversos municipários se fizeram presentes, além de representações de vários outros sindicatos e associações que compõem a Frente em Defesa do Serviço do Serviço Público, das Conquistas Sociais e Trabalhistas, distribuindo panfletos explicativos, colhendo assinaturas para o abaixo- assinado contra a reforma da previdência a ser enviado ao Congresso, dialogando com a comunidade, tudo com a cobertura e transmissão ao vivo da RádioCom.

Já na tarde, houve grande número de pessoas querendo se informar acerca dos problemas que a reforma trará e, consequentemente, fazendo questão de participarem do abaixo-assinado. Após às 17h, a concentração se deu no Largo Edmar Fetter (Mercado Público) para grande ato de encerramento, onde milhares de pessoas saíram em marcha pelas ruas de Pelotas para protestarem contra a reforma da previdência, mais precisamente contornando a Praça Cel. Pedro Osório e tendo seu fim no cruzamento do calçadão com a Rua Mal. Floriano.

Através do carro-som, foram feitas diversas intervenções de representantes de sindicatos, associações, partidos, da sociedade civil, no sentido de chamarem a atenção da população para a necessidade de luta, participação de todas as atividades, a fim de que não se percam os direitos duramente conquistados ao longo das décadas.

Para a presidente do Simp, Tatiane Lopes Rodrigues, a avaliação deste dia de lutas contra a reforma da previdência foi bastante positiva e expressiva, haja vista a grande participação dos municipários, mesmo estes recebendo mensagens ou ligações avisando-os que teriam o ponto cortado e desconto salarial caso aderissem à paralisação. Ressalta ainda que por isso o Simp convoca a categoria mais a população para todas as lutas que virão contra a reforma da previdência, através da presença nas mobilizações, paralisações nacionais e locais, atos de protesto, greves, enfim, com o objetivo de mantermos os nossos direitos.

  • Últimos Vídeos

    Programa de TV do SIMP de 06/10/17
  • Programas SIMP

    Rádio Com 104,5 Fm
    Ouça Agora
    Quinta das 18:00 às 19:00


    Televisão
    Sexta das 19:00 às 20:00
    Canal 2 Viacabo
    Canal 14 NET

  • Tweets do SIMP

    Siga-me no Twitter!
  • Sugestões

    Sugestões